Privatizar a Trensurb pode repetir o caos da Supervia no Rio de Janeiro

Privatizar a Trensurb pode repetir o caos da Supervia no Rio de Janeiro

Privatizar a Trensurb pode repetir o caos da Supervia no Rio de Janeiro

šŸ˜” HĆ” 23 anos, a SuperVia foi privatizada e opera o serviƧo de trens urbanos da RegiĆ£o Metropolitana do Rio de Janeiro.

šŸ„€ De lĆ” para cĆ”, o sistema foi severamente castigado: acumula defeitos e problemas e nĆ£o atende Ć s necessidades bĆ”sicas dos usuĆ”rios (seguranƧa, pontualidade e conforto).

Mesmo assim, tem a tarifa mais cara do paĆ­s: R$ 5,90. šŸ˜¤

šŸ¤Ø Veja sĆ³, ela foi privatizada, mas precisa do poder pĆŗblico para cobrir as suas dĆ­vidas e continuar operando: deve R$ 840 milhƵes para o BNDES (o maior credor).

ā— Esse pode ser o futuro dos gaĆŗchos, se a Trensurb, que pertence ao Governo Federal, for privatizada!

šŸ‘‰ O setor privado nĆ£o Ć© focado em atender as demandas do povo, mas sim em gerar lucros para seus donos.

E, com isso, a populaĆ§Ć£o sofrerĆ” com um serviƧo caro e de mĆ” qualidade. šŸ˜¢

āœ‹ Precisamos defender a Trensurb. O governo nĆ£o pode vender o que Ć© dos gaĆŗchos!